• Beta 2 hero

    Beta 2 Engenharia

    Rotatória de Ribeirão Preto

    Ribeirão Preto, São Paulo

Resumo do Projeto

Projeto

Com um volume diário de cerca de 80 mil veículos e trânsito provenientes de cinco locais diferentes, o principal cruzamento de acesso a Ribeirão Preto, em São Paulo, foi um local de constantes colisões, onde a remodelagem era necessária. O governo de São Paulo iniciou um projeto de R$ 120 milhões para reconfigurar a rotatória e contratou a Beta 2 Engenharia para projetar uma rede rodoviária que pudesse atender às demandas de trânsito nos próximos 30 anos. Para determinar de forma rápida e eficientemente a solução de design geométrico ideal, a Beta 2 precisou de soluções integradas de projeto e análise civil.

Solução

A Beta 2 usou o PowerCivil for Brasil e o RM Bridge para analisar o impacto de cada alternativa de projeto, considerando a compatibilidade com o sistema rodoviário local, a menor quantidade de expropriação, a interrupção mínima do fluxo de tráfego atual e os ajustes para drenagem, esgoto e outros trabalhos de utilidade. As aplicações de projeto civil da Bentley permitiram ao time compartilhar e analisar de forma rápida e precisa todas as opções de design para determinar a geometria ideal e a reconfiguração estrutural. A solução de remodelagem final estendeu a estrada em 11.800 metros e incluiu oito viadutos no total de 630 metros e 20 rampas de acesso, evitando o entrelaçamento de estradas conectadas.

Resultado

O uso do PowerCivil for Brasil e o RM Bridge melhoraram a coordenação e a colaboração entre as diferentes equipes de projeto, permitindo à Beta 2 aperfeiçoar a geometria e o projeto estrutural de forma rápida e eficiente. A análise abrangente e as capacidades de design dos softwares da Bentley combinadas com técnicas de construção modernas resultaram na entrega do projeto quatro meses antes do cronograma. A nova rotatória irá melhorar os fluxos de tráfego, reduzir drasticamente os acidentes e beneficiar mais de 1,5 milhão de viajantes.

Software

A Beta 2 usou o PowerCivil for Brasil desde a fase conceitual até a geometria final para analisar de forma rápida e dinâmica o impacto em cada alternativa de projeto. Como uma plataforma de trabalho versátil, a aplicação acelerou a mobilidade de informações e otimizou o tempo preparando e gerando relatórios, gravando preferências de exibição de dados e calculando os volumes de nivelamento do solo. O RM Bridge permitiu que a equipe do projeto medisse os viadutos em pouco tempo, enquanto seus recursos de modelagem paramétrica permitiram aos projetistas inserir modificações e redimensionar automaticamente a estrutura de acordo.

 

Project Playbook: PowerCivil for Brazil, RM Bridge

Outcome/Facts
  • Beta 2 used Bentley road and bridge modeling and analysis applications to quickly and efficiently evaluate numerous design alternatives to determine the optimal geometry and structural design for the reconfiguration of the obsolete interchange access to Ribeirão Preto, São Paulo, Brazil.
  • With eight viaducts totaling 630 meters and 20 access ramps, the perfected design solution extended the roadway by 11,800 meters to enable 80,000 vehicles to access and navigate the area daily.
  • Using Bentley software improved efficiencies enabling the team to deliver the project four months ahead of schedule.
  • The BRL 120 million roadway reconstruction will significantly reduce the number of accidents, decrease travel times, and meet vehicle demands for the next 30 years.
Quote:
  • The use of Bentley PowerCivil for Brazil and RM Bridge allows project companies that operate in the transportation area to optimize and improve the quality of their works, which decisively contributes to the community’s improvement through more efficient projects and with more reduced costs. In addition, it allows professionals to technically evolve, exploring all the qualities of the materials used.

    Jose Eduardo Salvatto Civil Engineering Partner of Beta 2 Engenharia