• Sabesp

    Visão geral e Supervisão: Sistema de Fornecimento de Água da Cantareira

    São Paulo

Project Summary

Projeto
O Sistema de Abastecimento de Água de Cantareira é o maior sistema de produção de água da região metropolitana de São Paulo. Embora tenha funcionado há mais de 40 anos atendendo a uma população de 9 milhões de pessoas, o sistema precisava ser analisado e atualizado para atender às necessidades futuras. A Administração queria entender o potencial da infra-estrutura atual para ter capacidade suficiente para atender o crescimento previsto da população no futuro, identificar vulnerabilidades e garantir a segurança operacional contínua, minimizar os custos e os investimentos modelo necessários para garantir a qualidade contínua dos serviços de água, minimizando os impactos ambientais.

Solução
A Sabesp recolheu dados de campo de sistemas de supervisão (SCADA e PIMS) e SIG. Os dados, incluindo informações operacionais históricas, consumos e registro, foram trazidos para o WaterGEMS, através da integração SIG e SCADA com o WaterGEMS. O WaterGEMS permitiu que a Sabesp diagnosticasse velocidades excessivas e taxas de fluxo deficiente nas futuras projeções de consumo. De WaterGEMS eles poderiam modelar as mudanças necessárias e desenvolver um pipeline de investimento em infra-estrutura para o Sistema de Abastecimento de Água de Cantareira que maximizará os retornos e atenderá às necessidades futuras exatamente no momento certo.

Resultado

O uso do WaterGEMS foi essencial para determinar como o sistema se comportará no futuro. Ao modelar as demandas futuras atuais e projetadas, o WaterGEMS ajudou a Sabesp a determinar um plano apropriado que os ajudaria a atender a oferta futura e ampliar adequadamente o sistema sem criar trabalhos desnecessários. Além disso, a Sabesp também conseguiu otimizar o funcionamento das bombas fora do horário de pico, permitindo economizar custos de eletricidade.

Software
O WaterGEMS ajudou os projetistas a gerenciar riscos ao diagnosticar velocidades excessivas e taxas de fluxo deficiente em futuras projeções de consumo de água. O WaterGEMS identificou quais pipelines duplicar e quando.
Outcome/Facts:
  • Os investimentos aumentaram a flexibilidade através do aumento da capacidade de armazenamento e duplicação da rede de água.
  • Usando modelos hidráulicos, a Sabesp criou uma linha do tempo para investimentos em sistemas de água que maximizarão os retornos e garantirão que os projetos estejam agendados no momento em que são mais necessários.
  • O software WaterGEMS permitiu a rápida coleta de dados e modelagem de dados em campo.