• JM Souto Engenharia

    Projeto Detalhado para Adequação de Via Ferroviária Alternativa

    Minas Gerais

Project Summary

Projeto
A JM Souto Engenharia realizou um projeto detalhado para deslocalização de uma linha ferroviária de 4,54 quilômetros para abrir espaço para a expansão do poço da mina em Congonhas, Minas Gerais. O escopo do trabalho consistiu em projeto geométrico, terraplenagem, drenagem e estruturas comuns, superestrutura ferroviária, estruturas especiais, interferências, obras complementares e contenção. O projeto foi projetado para evitar a área de mineração, minimizando os custos de construção, operação e manutenção.

Solução
O alinhamento mais econômico para a nova filial foi sobre um aterro estéril existente. A geometria do aterro teve que ser adaptada para acomodar o grau da plataforma ferroviária, que teve uma rampa máxima de 1.4% no exterior. A área de aterro resultante era de 80 metros de altura. O PowerCivil for Brazil permitiu que a equipe do projeto desenvolvesse a geometria, a drenagem e os aspectos geotécnicos do projeto em um ambiente integrado.

Resultado
O layout ferroviário final foi projetado para um comboio com um comprimento total máximo de 1.791 metros e uma velocidade máxima de projeto de 60 quilômetros por hora. JM Souto alcançou os objetivos do projeto, reduzindo as horas de engenharia dedicadas e acelerando a entrega do projeto ao usar o software Bentley para fornecer disciplinas de engenharia com acesso rápido e contínuo aos arquivos do projeto.

Software
O robusto conjunto de ferramentas disponível no Bentley PowerCivil for Brazil permitiu que JM Souto reduza o tempo necessário para responder aos desafios e mudanças do projeto.
Outcome/Facts:
  • O PowerCivil for Brazil permitiu que a equipe do projeto desenvolvesse a geometria, a drenagem e os aspectos geotécnicos do projeto em um ambiente integrado.
  • O uso das soluções da Bentley forneceu disciplinas de engenharia com acesso rápido e transparente aos arquivos do projeto, reduzindo o tempo de engenharia e acelerando a entrega do projeto.
  • A mina em Congonhas atenderá a demanda de extração de minério de cerca de 12 milhões de toneladas por ano.
  • O bypass ferroviário atravessou um aterro esterilizado com mais de 7,2 milhões de metros cúbicos de material da mina.
  • O software Bentley foi usado para calcular movimentos de terra produzindo uma área de 80 metros de altura.
User Quote:
  • "A integração permitida pelo software Bentley entre diferentes disciplinas de engenharia é um benefício que trouxe um alto nível de confiabilidade ao projeto, reduzindo os riscos de incompatibilidade".

    Marcelo Souto Diretor Executivo JM Souto Engenharia